9 de janeiro de 2009

Os jogos da série Zelda que foram "esquecidos" pela Nintendo : The Faces of Evil, The Wand of Gamelon e Zelda's Adventure

Década de 90, a Nintendo briga com a Sony e cancela o leitor de CD Playstation para o Super Nintendo. Então eles resolvem contratar a Philips para desenvolver o acessório, que em troca ganharia o direito de produzir jogos da Nintendo, incluindo a série Zelda. Se a Nintendo tivesse idéia do tamanho da bomba que seriam esses jogos, eles jamais teriam concordado em pagar esse preço.


O tempo passou e o acessório de CD Rom para o Super Nintendo nunca foi lançado. Então a Philips, ostentando os direitos, criara em 1993 para seu CD-i dois jogos da série Zelda : The Faces of Evil, que trazia Link como protagonista, e Wand of Gamelon, no qual os jogadores controlavam pela primeira vez a princesa Zelda. Na tentativa de aproveitar o espaço disponibilizados pelos CDs, os games traziam desenhos animados de abertura, diálogos falados, animação feita a mão e fundos desenhados individualmente. Isso não quer dizer que o nível de qualidade desses elementos fosse bom – pelo contrário, eram todos terríveis.
Os jogos são considerados alguns dos piores games já feitos, devido seus controles mal funcionais e especialmente pelas cutscenes que usavam FMV. O Philips CD-i não vendeu muito bem e os jogos se tornaram relíquias. A Nintendo raramente reconhece a existência dessa trilogia, que virou fonte de chacota em muitas resenhas. Vale ressaltar que obviamente esses jogos passaram longe das mãos de Shigeru Miyamoto.

The Faces of Evil e Land of Gamelon
Faces of Evil conta as aventuras de Link em Koridai, uma ilha distante onde Ganon se refugiou. Sendo avisado por um mago misterioso que ele capturou a princesa, ele viaja para o estranho local. Ele deve usar o Livro de Koridai para completar sua missão. Já em Wand of Gamelon, o rei de Hyrule viaja para um reino distante e desaparece. Link segue para encontrá-lo e também some... deixando Zelda como a última opção de resgate.

Zelda's Adventure
Em 5 de junho de 1994, a Phillips decide dar seu golpe de misericórdia: com uma nova produtora no projeto, é lançado Zelda’s Adventure. Desta vez a perspectiva superior dos Zeldas tradicionais é usada, e os desenhos são trocados por atores de carne e osso. Isso não impede o jogo de deixar cicatrizes tão profundas quanto os antecessores.

Os links para baixar os jogos mais o emulador de CD-i você encontra nessa página do Youtube. Recomendado apenas para curiosos e fãs da série.

Fontes:
Wiki
Game TV

1 Comentários:

Clarice dos Santos disse...

Meu Deus, esses jogos são terríveis!!
huauhauhauhahuauhauhuha
As animações eram "bonitinhas", mas as falas eram excepcionais,hein?
Uma pior que a outra! xD~
Sem falar nos comandos que eram muito ruins!
Tem vídeos do Angry Video Game Nerd falando desses jogos. É legal dar uma conferida ^^
Bjão =D