28 de janeiro de 2010

River Raid – O primeiro jogo de “navinha” (Shoot’em Up) com tela vertical de sucesso na história!

O Atari 2600 foi e ainda é um console muito querido e sempre será lembrado com muito carinho por todos que vivenciaram grandes momentos de alegria e diversão, seja com a família ou com os amigos, jogando videogame, naqueles bons e velhos tempos.
Os seus jogos, apesar de serem simples, ficaram marcados na memória de todos os gamers daquela geração.
Atari acabou se transformando em um símbolo cult, sinônimo de nostalgia e muitos de seus títulos acabaram se tornando clássicos absolutos!
Pois em homenagem á esse videogame que marcou época, o Game Nostalgia trás para vocês a série: "O Melhor do Atari 2600", onde recordaremos vários clássicos trazendo informações, curiosidades e claro, muita nostalgia!
A começar por...

Lançado em 1982 pela Activision, River Raid é um clássico, sendo um dos jogos mais populares de sua geração.
River Raid, em sua época, inovou os jogos de tiro (Shoot’em Up), em diversos aspectos. Um deles é o fato da aeronave controlada pelo jogador, se movimentar verticalmente ao longo de um rio, passando por diversos obstáculos, defrontando-se com vários tipos de inimigos, em um nível de dificuldade progressivo (naquela época, era algo comum os jogos serem passados em apenas uma única tela). Outro aspecto inovador foi a introdução de um tanque de combustível limitado, que obriga o jogador a reabastecer o avião nos postos espalhados pelo rio.
O jogo teve conversões para os microcomputadores MSX, Spectrum, IBM PC e Commodore 64, para os consoles Intellivision, ColecoVision, Atari 5200 e como parte da coletânea Activision Anthology, para Playstation 2, Game Boy Advance, PSP e Windows.
A fórmula de River Raid fez sucesso e foi utilizada e aperfeiçoada por incontáveis jogos que vieram a ser lançados no futuro, tais como Sonic Wings e Axelay, passando por várias gerações do videogame!
Muitos anos após o seu lançamento, o legado de River Raid ainda continua através de algumas empresas de softwares e dos próprios fãs, quais se encarregaram de criar algumas versões/remakes do jogo para computador, como é o caso de River Raid 1,5 e River Raid 3D.
Tais títulos você encontrará para download no site RiverRaid.org







Curiosidades

• River Raid é o nome da missão, cujo objetivo é “quebrar o bloqueio inimigo e destruir suas pontes para interromper o avanço de suas tropas“.
• O jogo foi desenvolvido pela primeira programadora profissional de games de que se tem notícia, Carol Shaw.
• River Raid foi o primeiro game a ser banido na Alemanha pelas autoridades, em 1984, sob o fundamento de que “provia às crianças, educação paramilitar” e de que jogá-lo causava nos jovens “raiva, agressividade, pensamento errático e dores de cabeça“(O banimento oficial de River Raid perdurou até 2002, por conta do relançamento do jogo como parte da coletânea Activision Anthology para Playstation 2).
• Ainda é desconhecido alguém que tenha chegado ao final do jogo.

Label do cartucho nacional de River Raid

6 Comentários:

Orakio "O Gagá" Rob disse...

Putz, esses fangames aí parecem interessantes!

Legal o post.

Sabat disse...

Deve ter sido assim: chegou 2002 e saiu a coeltanea, foram lançar na alemanha e PUTS, ISSO AINDA ESTÁ BANIDO?? FOI MAL!! CALMA AE QUE VAMOS REVOGAR!!!

Pois é, deve ter perdurado esse banimento por esse tempo todo pq eles esqueceram mesmo kkk

Joguei muito river raid, mas será que tem fim??? Será que uma hora tudo não começa a se repetir?

Toper Breath disse...

Ahh final final acho que não tem mesmo, mas creio que o fim do jogo deve ser quando os pontos chegam no limite e zeram, daí tudo deve começar a se repetir.

André Breder disse...

Olha um vídeo com o final do River Raid ae:

http://www.youtube.com/watch?v=O9cLZ3Jdi6g

Nota: Parece ser fake, mas vai saber... :)

Toper Breath disse...

Parece ser real! Mas eu não consigo ver o controle na mão do cara!

Magazine Games disse...

Mano bons tempos em que meu vizinho levava seu atari em casa para jogar-mos... puts, era o dai todo grudado feito doido na frente da tv. Muito bom