5 de novembro de 2008

Golden Axe (Mega Drive)

Fabricante:Sega
Lançamento: 1989
Gênero: Ação/Aventura
1 ou 2 Jogadores

"A LENDA DO MACHADO DE OURO"
Em uma fantástica era de magia, repleta de dragões que vomitam fogo e esqueletos em armaduras, existiu uma terra estranha chamada "Yuria". Dominada pelas hordas de um guerreiro do mal, o tirano "Death Adder", Yuria teve cada um de seus vilarejos invadidos e milhares de aldeões mortos.
Em um ato decisivo para conquistar o mundo, Death Adder seqüestra o rei e sua filha, a princesa, levando ainda consigo o lendário "Machado de Ouro", qual é um símbolo de paz e prosperidade, para usá-lo em seus propósitos malignos. Somente os mais destemidos e poderosos guerreiros poderiam, agora, derrotá-lo.
Pois eis que surgem
Ax-Battler
O terrível Bárbaro, vindo das planícies distantes.
Sua poderosa força e habilidade no manejo da espada o faz um inimigo mortal.
Tyris-Flare
A Amazona, vindo das selvas profundas.
Com sua habilidade na espada e poderosas magias ela jurou salvar o mundo das garras de Death Adder.
Gilius-Thunderhead
O destemido Anão, proveniente das minas de Wolud.
Manejando um machado mortal. Seus truques e sua velocidade na batalha podem acabar com os mais brutais gigantes.
Unindo suas forças, os três bravos guerreiros resolvem desafiar o poderio do malígno Death Adder.
Esses três, assim como muitos outros, perderam seus entes queridos na guerra contra o tirano. Agora eles juraram derrotá-lo - mesmo que isso custe suas vidas.

Com um enredo que nos faz imergir em um fantástico mundo de fantasia, semelhante a era Hiboriana de Conan, Golden Axe é um clássico absoluto.
Original do Arcade, foi um dos primeiros jogos a serem lançados para Mega Drive, mostrando um pouco do que o 16 bits da Sega era capaz.
Os comandos são simples (tais como correr, pular, atacar e lançar magias) e seus personagens ainda tem a opção de montar em dragões(monstros), sendo que cada tipo de dragão tem uma habilidade especial (uns cospem bolas de fogo, outros dão rabadas...).
Os cenários, além de belos e detalhados, vão desde os mais simples vilarejos e florestas até os mais inusitados como alguns estágios sob o casco de uma tartaruga gigante e sob as asas de uma águia encantada.
A trilha sonora de Golden Axe é muito boa, nos deixando no clima medieval do jogo! Algumas músicas são mais tenebrosas (como o tema “Turtle Village 2″) , outras contagiantes (como o tema “Wilderness”) , e já outras épicas ao extremo (como o tema “Fiend´s Path”). Apesar de não ser extensa, a trilha sonora de Golden Axe traz músicas de ótima qualidade e que ficaram eternizadas nos corações dos fãs!
No modo de dois jogadores a diversão é dobrada. Afinal, não há nada melhor do que jogar junto com um(a) amigo(a).
Os personagens tem a capacidade de lançar poderosas magias elementais a medida que vão acumulando poções mágicas, que são encontradas com os duendes-ladrões que aparecem no decorrer da aventura.
Há 3 opções de jogo. A principal é chamada “Arcade”, onde o jogador tem que passar pelas oito fases do game. A segunda é a “Begginer”, onde o jogo tem apenas três fases, os inimigos são mais fracos, você pode usar toda sua magia sem gastar todos os potes e o vilão final é ”Death Adder Jr” o juninho (Nem tudo é perfeito) o filho do vilão do jogo, e que é bem mais fraco do que seu pai. Este modo de jogo serve apenas como um treino para o jogador, antes de encarar o verdadeiro desafio. Já o terceiro modo é o “The Duel” onde os jogadores encaram varias batalhas no mano a mano contra os inimigos do jogo. Ou se preferir, pode duelar contra um amigo (ou inimigo?).
Um fato curioso é que nesta versão, para Mega Drive, existem dois estágios á mais que na versão original lançada para Arcade. O que acabou tornando o jogo mais atrativo e fazendo com que aqueles que já tinham jogado a versão de Arcade, jogassem também a de Mega Drive.
Sem dúvidas, Golden Axe é um clássico dos clássicos, com inúmeras continuações (inclusive para os consoles da geração atual) e um remake (lançado para PS2) a lenda do "Machado de Ouro" ainda permanece na cabeça (e nas prateleiras) de muitos gamers.
Download do jogo (rom): Clique Aqui

1 Comentários:

José disse...

Boa análise. Esse foi o jogo que me fez ficar fã do meu Genesis. Acho que é um dos jogos que mais gosto. Gostaria de um remake à altura. Não a porcaria que fizeram para o X360.