18 de maio de 2010

Elevator Action



Elevator Action, um game de Spy Action lançado nos arcades em 1983 pela Taito, ahh que saudades desse tempo e principalmente dessa empresa que lançou muitas obras primas, hoje em dia ela é mais focada em Hardware de arcades, mas ainda assim tem suas obras.

O game em si não tem nada demais, porém quem o conheceu nos anos dourados com certeza tem um carinho marcado no coração. Até hoje me divirto vendo aquela cena inicial na qual o agente secreto invade um prédio pelo seu terraço, aquela musiquinha ecoa em minha cabeça até hoje.
A ação toda consiste em algo básico, descer os andares um a um pelos elevadores e escadas, tomando cuidado com os gângsteres que habitam o prédio. O nosso agente porta uma pistola para se defender dos maus encarados que também descem a bala em você. Ao conseguir chegar são e salvo no térreo, o agente entra em um carrinho vermelho e escrito HOT e vai embora para o próximo stage.O Agente 17 contém apenas os movimentos de pulo, que ao acertar um individuo mata na hora como se estivesse desferindo uma voadora, abaixar e o de se esconder nas portas vermelhas para se desviar dos tiros. Outra técnica boa para se safar por alguns instantes é dar tiro nos lustres, quando os mesmos caem na cabeça dos vilões eles perecem na mesma hora e ainda por cima a energia fica cessada por alguns segundos, também da para esmagar os safados com os elevadores.
A trilha sonora não tem nada demais também, porém é algo marcante na memória dos marmanjos de plantão, eu até hoje acho engraçado o efeito sonoro que escutamos ao dar um pulo, o dos tiros que são bem secos, mas diretos... No fim da história, ela cumpre até que bem o seu papel.

As versões caseiras começaram a ser lançadas em 1985 tanto para os consoles quanto para os pc’s da época. Cada uma com suas limitações gráficas e sonoras, mas ainda assim era o game original. NES (1985), Sega SG-1000 (1985), Atari 2600 (essa versão na verdade foi apenas um protótipo que estava com 95% concluído, em 2001, na Classic Gaming Expo, a CGE Service Corporation lançou o game com a Box e Label Originais de Atari 2600, cerca de 200 cópias estão espalhadas pelo mundo), MSX (1985), Commodore 64 (1986), Amstrad CPC (1987) e ZX Spectrum (1986).

Em 1991 a Taito lançou uma versão com alguns reajustes para o Game Boy Monocromáticos. O agente está com os gráficos mais definidos, a trilha sonora esta mais agitada, porém é a mesma com alguns arranjos novos, a dificuldade também foi diminuída, já que agora o personagem tem corações para marcar a sua vida, assim não se tem mais as mortes instantâneas ao se levar um tiro ou despencar de um andar para o outro, as portas vermelhas que contém os arquivos secretos que o Agente 17 tem que recuperar na versão original, agora estão divididas entre portas com exclamação (!) para os arquivos secretos e interrogação (?) para adquirir pontos ou até mesmo armas, isso mesmo, essa versão tem novas armas além da pistola, é uma ótima conversão, mas a versão original é a melhor.

Em 2000 foi lançado Elevator Action EX para Game Boy Color, o game novamente era um upgrade da versão que havia sido lançada em 1991 para o Game Boy Monoromático, as novidades ficavam por conta dos novos gráficos e trilhas sonoras, quase tudo aqui é melhor, jogabilidade, dificuldade e gráficos. Um ponto novidade aqui é que agora o jogador não fica apenas com o pseudônimo Agente 17, aliás, ele foi totalmente abduzido aqui, no lugar podemos escolher entre três agentes novos que são Mike (é o mais equilibrado da equipe), Sarah (ágil e também é que tem pulos mais altos) e Guy (é o troglodita do grupo, lento e resistente), não é um mal game, porém ainda a versão original é a melhor.

Em 2002 saiu para Game Boy Advance Elevator Action Old & New, porém se limitou somente ao publico japonês. Nessa versão pode-se conferir o game original lançado em 1983 e a sua nova cartada, que sinceramente ficou muito ao estilo anime de ser, novamente você pode escolher entre três agentes, porém os trêsum equilibrado, uma mina ágil e um fortão, como o game saiu somente no Japão, não sei o nome dos três, mas isso não importa muito, já que todos são esquisitos. A trilha sonora, novamente decaiu mais ainda, muito animada perdendo aquele ar de suspense que havia anteriormente em outras versões, a movimentação ainda continua básica e sem enrolação, a única novidade é que agora ao apertar o botão R o personagem solta um molotov no chão que demora alguns segundos para explodir, tempo o suficiente para se afastar e não ser explodido junto a corja de bandidos. Os gráficos foram totalmente estilizados para o estilo nipônico, os gângsteres agora parecem com aqueles bandidos do velho oeste, usam um lenço para esconder o rosto e atacam em bandos, dificultando um pouco a sua aventura até o térreo. Essa versão vale apena somente pelo game original, porque o NEW não agradou muito.

Em 1994 chegou a sair uma continuação nos arcades e também para Sega Saturn em 1995, se chamava Elevator Action Returns, mas deixarei para comentar sobre esse game num próximo review, porque também merece a toda uma atenção especial.

Em 2005 a Taito lançou uma coletânea para PS2 e XBOX chamada Taito Legends, nesse compilado contém diversos games da velha guarda da Taito, entre eles o game em questão, Elevator Action.

Entre 2005 e 2006, a Taito lançou para os celulares o Elevator Action 3D, o game tem o estilo em 1º pessoa, seus ambientes são escuros para lhe passar um ar de suspense ao entrar em cada corredor para explorar, a novidade aqui fica por conta de uma habilidade que parece o Bullet-Time implantado nos filme e games de Matrix onde ao se ativar todos inimigos ficam em slow-motion te dando a vantagem de acabar com todos com facilidade. Outra novidade também é que agora o jogador pode contar com o auxílio de um mapa que indica onde estão os arquivos secretos que precisam ser recuperados e todos os elevadores da área. O único problema dessa versão, é que como quase todos os games de celulares, é distribuído somente em alguns países.

Com essa mania de PSN, Live e Wii Ware, em 2007 a Nintendo disponibilizou em sua rede Wii Ware/Virtual Console a versão de NES para ser baixada pelos gamers nostálgicos, ele custa 500 Wii Points. Para quem não tem o console e quer conhecer o game, vale a pena, porque é diversão na certa.

No ano passado (2009) saiu Elevator Action Death Parade, porém o game o game nem sequer saiu do oriente, a Taito trouxe ao público um game de shooter em 1º pessoa ao estilo de Time Crisis e House of the Dead, o gabinete também é uma coisa bem feita, o formato do mesmo é uma espécie de entrada de elevador muito chique, na qual quando se entra em um elevador elas se fecham de verdade, é uma pena que o game mudou muito em vista ao original, seria bacana ver um game desses revitalizado nos tempos atuais, vide Street Fighter 4 que usou a placa da própria Taito, a Taito Type–X2 e está contente com os frutos que colheu com essa versão do game, tanto é que está para sair até o super upgrade do game, o Super Street Fighter 4, que conta com vários novos adicionais.

Enfim, com tantas conversões, versões, continuações e side-games, o game é simples e básico, mas com uma diversão que ronda em cada fase a ser encarada e suas dificuldades, vale à pena conferir porque é um game para se pegar para passar o tempo, ele é como um Tetris de ação, você joga, joga, joga e sempre fica satisfeito até onde consegue chegar.

6 Comentários:

José Augusto F° disse...

Elevator Action faz até lágrimas cairem. Traz lembranças de épocas maravilhosas, além de ser um jogo fantástico.
Maravilhosa lembrança. Muito obrigado e parabéns.
Abs!

José H. Volpato disse...

E ai como vai? Com um review tão grande assim fica até difícil falar de um jogo como Elevator Action. Se enteressar, junte-se ao nosso fórum http://thetriforcealliance.ativoforum.com/forum.htm Nós estamos começando um fórum muito bom e notando que você gosta de jogos antigos é uma boa chance para se integrar à nossa comunidade, sem falar que suas review seriam muito bacanas lá no fórum. Muito obrigado!
Infernosword, do Smash Club

Magazine Games disse...

Vlw pessoal pelos comentários, a gente da GN faz isso com o carinho da nostalgia mesmo e afim de compartilhar certas lembranças que ainda temos em mente. É por isso que tem que ser caprichado, para que todos ao menos tente sentir o que sentimos na época e conheçam um pouco sobre alguns classicos que marcaram época.

Toper Breath disse...

Quem diria que um game com uma mecânica e temática bem simples teria tanta lenha para queimar quanto Elevator Action!! haha
quase 30 anos e várias versões e conversões foram lançadas!!
ótimo review
parabéns!!!!

Anônimo disse...

Uma lágrima rolou pelo meu rosto... época boa que não mais voltará...

Erwin Julius disse...

Muito bom!!!

Vontade de jogar novamente!